5 países que mais consomem bebida alcoólica ao redor do mundo

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por mateus
em janeiro 24, 2023

Veja quem mais gosta de beber um golinho de vez em quando

Muitas pessoas não abrem mão de uma boa bebida de vez em quando. Grande parte gosta de tomar cerveja, enquanto outras pessoas preferem outros tipos de bebida alcoólica. Mas em vários países, tomar uma boa bebida é uma tradição local.

Quando o assunto é bebida, países como o Brasil e Alemanha vêm logo à mente, já que o consumo de cerveja é elevado aqui. Mas em termos de bebidas alcoólicas em geral, nenhum dos dois está no topo da lista – pelo contrário, ela conta até com algumas surpresas.

Sendo assim, confira agora quais são os países que mais consomem bebida alcoólica ao redor do mundo. A medida utilizada é a de litros consumidos por pessoa anualmente, de acordo com o site Our World in Data. A lista está em ordem crescente, ou seja, do país que consome menos até o país que mais adora uma bebida.

Luxemburgo

O grão-ducado de Luxemburgo fica entre a França e a Alemanha, dois países amantes de bebidas. Por isso não é surpresa que os cidadãos de lá consumam bastante álcool por ano. De acordo com dados oficiais, o consumo de bebidas alcoólicas no país é de 12,94 por pessoa anualmente.

Além de estar entre a França e a Alemanha, Luxemburgo conta com uma grande comunidade de portugueses. Por isso, os habitantes do país tendem a consumir bastante vinho e o famoso champanhe francês. A idade legal para consumir a bebida alcoólica no país é de 16 anos.

Lituânia

Das três nações bálticas (Estônia e Letônia são as outras), a Lituânia possui o maior consumo de álcool: 13,22 litros. O país tem um baixo consumo de álcool diário, mas tem um elevado consumo mensal.

Além da cerveja, a vodka é uma bebida muito popular no país, sobretudo por causa das temperaturas frias. Os lituanos também consomem muito a Cava, um espumante fabricado na região da Catalunha, na Espanha.

República Tcheca

O álcool é tão popular na República Tcheca que a cerveja do tipo Pilsner é natural da região onde fica o país. No entanto, a grande atração do país é a Hladinka, um tipo específico de cerveja Pilsner que possui uma densa camada de espuma.

Portanto, não é surpresa dizer que as cervejas são a bebida mais popular da região, que conta com opções ótimas e baratas. Dessa forma, os tchecos ocupam a terceira colocação da lista, com um consumo anual de 14,45 litros de álcool por ano.

Uganda

Por incrível que pareça, os dois países que mais consomem álcool no mundo estão no continente africano. O segundo lugar global fica com Uganda, uma ex-colônia do Império Britânico cuja população consome em média 15,09 litros de álcool por ano.

A surpresa está no fato de que Uganda é um dos países mais pobres do mundo, mas o preço de bebidas alcoólicas lá não é tão caro. Um litro de cerveja, por exemplo, custa em média R$ 3,00 na capital Kampala – no interior esse preço é ainda menor.

Logo, a demanda por cerveja no país é bastante alta, mas Uganda também tem vinhos importados da África do Sul. Há também o Waragi, uma espécie de destilado local que é muito procurado por turistas.

Seychelles

Por fim, o arquipélago de Seychelles lidera a lista de consumo de álcool no mundo, mesmo tendo apenas 100 mil habitantes. De acordo com o Our World in Data, o país tem um consumo anual de 20,5 litros de álcool, quase 35% a mais do que o segundo colocado.

Apesar de pequena, a população do país é composta majoritariamente por homens – e eles não poupam gastos com bebidas. De acordo com estimativas, cerca de 25% do salário de um homem de Seychelles é gasto no consumo de álcool.

O país tem como bebidas mais populares a cerveja, mas também bebidas locais como o Calou (suco de coco fermentado) e o Bacca, que é um rum feito com açúcar-mascavo.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade