Como implementar o marketing social em seu negócio?

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por lucas
em setembro 30, 2022

A tecnologia avançou absurdamente nos últimos tempos. Tudo está conectado, os diálogos que antes eram distantes tornaram-se mais próximos e em torno de um mesmo objetivo. Então, implementar o marketing social também é uma forma de unir objetivos.

Ainda que essa ideia pareça meio confusa, na verdade, ela representa nada mais do que diminuir problemas sociais entre os indivíduos, que podem comungar dos mesmos propósitos, para atingirem um mesmo trabalho ou objetivo.

O que significa então Marketing social?

São estratégias de Marketing que atuam na venda de ideias para causas sociais, modificando as atitudes e comportamento das pessoas. O objetivo é envolver a população em um propósito social, sem que exista um interesse comercial por trás.

Uma campanha de Marketing social em uma empresa de enfermagem domiciliar, por exemplo, visa a conscientização dos indivíduos para auxiliarem no local com doações, sensibilizando-os para que os doentes possam ser mais bem tratados e amparados.

Não importa se não se trata de um órgão público, que se utiliza do contexto social para motivar e sensibilizar as pessoas. O importante é que o público envolvido se engaje no movimento de forma genuína e colabore de forma expressiva em uma causa.

Muitos negócios se baseiam no Marketing social, objetivando apenas o bem da sociedade em geral, como, por exemplo, as organizações humanitárias internacionais que fornecem cuidados médicos ou alimentos para pessoas em situações extremas.

Portanto, o Marketing social é uma ferramenta estratégica que une um determinado negócio a um propósito importante, conectando empresas com os mesmos valores sociais.

Essa estratégia acaba promovendo benefícios mútuos, tanto para a causa em si como para o restaurante para festa de casamento, pois ele pode passar a doar os alimentos que não foram consumidos para outras organizações públicas, por exemplo.

Enfim, o Marketing social também pode ser conceituado como um tipo de ação mercadológica institucional que foca na diminuição ou eliminação dos problemas sociais.

Problemas esses que estão relacionados aos assuntos de saneamento básico e saúde pública, bem como de educação, moradia e trabalho, abrangendo também as questões referentes à alimentação da sociedade e ao transporte público.

Uma campanha de marketing social em uma empresa que trabalha com o fornecimento de cobertura de vidro para varanda, pode conseguir a mobilização dos clientes, para que eles dividam a mesma ideia e minimizem dificuldades sociais.

A importância do Marketing social

O Marketing Social é importante pois trata-se de uma ferramenta poderosa, que consegue transformar a vida dos indivíduos e suas comunidades. Ele pode ser usado nos seguintes fatores:

  • Combater doenças;
  • Conscientizar a sociedade;
  • Espalhar ideias de união dos objetivos sociais;
  • Encorajar as pessoas a se comportar socialmente;
  • Incentivar ONGs a desempenharem trabalhos comunitários;
  • Motivar trabalhos junto à comunidades vulneráveis;

O Marketing social também pode atuar para ajudar a conscientizar a sociedade sobre os mais diversos assuntos, como: Incentivar as pessoas a pararem de fumar e beber, motivar os indivíduos a fazerem mais exercícios além de educar as pessoas a pouparem dinheiro.

O marketing social está presente em comerciais, anúncios e filmes, alinhando-os a uma causa que precisa ser defendida e solucionada.

Ele pode ser realizado por meio da veiculação de mensagens importantes para a sociedade em diversos locais como nas embalagens para cortina romana linho, com imagens de combate às drogas, por exemplo, ou em fotos contra a violência doméstica.

Muitas vezes a campanha social realizada destina uma porcentagem da venda de produtos ou serviços de uma empresa para projetos sociais, muito importante para alavancar os esforços em torno de um propósito justo e que vale a pena se empenhar.

Como aplicar o Marketing social nos negócios?

Uma campanha social não dá resultados do dia para a noite. É necessário alimentar a ideia de uma causa, para arrecadar fundos, por exemplo, para uma instituição de menores infratores, que precisam ser inseridos novamente na sociedade.

Para tal, é preciso adotar estratégias nos negócios de lavagem a seco cadeiras, como por exemplo: realizar pesquisas de mercado, estabelecer metas, criar um planejamento de marketing. 

Além disso, para que essa estratégia funcione é preciso determinar a causa que vai receber apoio, se ela está alinhada com a missão da empresa. Também é importante explicar o porquê essa causa é importante e por qual motivo ela deve ser ajudada.

Para realizar essas campanhas sociais, a empresa também pode trabalhar em conjunto com alguma comunidade específica e que esteja inserida na causa, além de fazer parcerias com outras marcas e empresas que compartilhem dos mesmos valores.

O Marketing social se apoia em 4 pilares fundamentais, para a realização de uma campanha de marketing e para a mudança do comportamento da sociedade:

  • Produto;
  • Preço;
  • Praça;
  • Promoção.

Quanto às estratégias abordadas acima, elas são capazes de motivar a confiança de uma empresa fotográfica de ensaio newborn menino, para estabelecer um vínculo que confiança a tal ponto que ela passe a acreditar no objetivo da campanha.

É importante ressaltar que marketing social é diferente de marketing comercial. A diferença está no intuito da empresa. O marketing social é voltado para a colaboração, no sentido de criar um mundo melhor, sem perder foco nos clientes e nos negócios.

Já, o marketing comercial é focado no produto, na venda e nos lucros obtidos. As causas sociais são respeitadas, assim como os clientes, mas elas não fazem parte do planejamento da área comercial.

Por esse motivo, as pessoas precisam se informar exatamente das condutas da empresa de armário de parede para escritório, para saberem se elas realmente condizem com os valores de um projeto social no qual vale a pena se engajar.

Olhando o Marketing digital no aspecto mercadológico, ele também visa conquistar clientes e pode ser a chave para a empresa se diferenciar dos seus concorrentes, abrindo portas para esse novo mercado de consumo.

Dessa forma, adquirindo uma responsabilidade social, as empresas conseguem ainda mais se manter no mercado, construindo relacionamentos mais duradouros com os clientes, transformando-os até em defensores de uma marca, produto ou serviço.

Escolher alguma causa social e dedicar-se a ela, por campanhas ou publicações de conteúdos nas redes sociais, por exemplo, aproxima cada vez mais empresas prestadoras de serviço de jardineiro.

Vantagens do Marketing social

O Marketing Social é muito presente entre muitas empresas e já faz parte da realidade de muitos negócios.

Mesmo assim, ainda existem organizações que não se utilizam das causas sociais em seus planejamentos de marketing e não reconhecem as vantagens que as atitudes sociais podem trazer.

Essa estratégia pode trazer maior credibilidade para a marca e maior rentabilidade em virtude das vendas associadas ao propósito. 

Como o novo perfil de consumidor se importa com as causas da marca e sua história, aplicar o marketing social ajuda no reconhecimento da sociedade, na exposição publicitária, além da ascensão da marca, produto, serviço ou empresa nas redes sociais.

Também é possível atrair os clientes que nunca haviam se engajado em causas sociais e realizando mudanças significativas no comportamento e opinião das pessoas. 

É possível, também, ajudar na conscientização de outras empresas que nunca refletiram sobre as causas sociais. Pois elas terão consciência da importância dessa estratégia para o desenvolvimento a longo prazo da marca.

Há de se reconhecer que ele veio para provocar grandes mudanças na vida de todos e na maneira de pensar a respeito de pessoas carentes, que se encontram em situações extremas de pobreza, fome e são afetadas pela falta de saneamento básico, por exemplo.

Considerações finais

Adotar o marketing social já é uma ideia presente na grande maioria das empresas. Seus resultados não são imediatos, porque mudar um conceito tradicional da sociedade é lento, trabalhoso e requer muito empenho. 

Essas transformações não estão limitadas apenas ao ambiente externo, mas sobretudo no pensamento dos próprios colaboradores da empresa. 

Os gestores e empreendedores de pequenas, médias ou grandes empresas precisam adotar posicionamentos no sentido de engajar seus funcionários a caminharem unidos nas ideias sociais.

É essencial fazer com que valha a pena trabalhar em um empresa que se preocupa com todos, seja dentro do próprio país ou fora dele.

O serviço público, também, deve reconhecer que nunca houve tanta necessidade de investir em médicos, psicólogos, remédios e exames que tornem melhor a vida de tantas pessoas carentes.

É um trabalho longo, que caminha vagarosamente. Porém, seus reflexos positivos aparecem e só beneficiam as empresas e seu posicionamento frente aos concorrentes e na opinião de toda a sociedade.

O Marketing social une vontades e problemas da sociedade que precisam de ajuda externa para serem resolvidos. Além de provocar impactos verdadeiramente reais e produtivos dentro das empresas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade