Como prevenir as infecções bucais?

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por admin
em junho 28, 2022

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

As infecções bucais podem acontecer com qualquer pessoa. Isso porque todos têm vários tipos de bactérias na boca que são importantes para mastigar e decompor os alimentos, mas às vezes, elas podem se tornar infecções virais.

Embora esta infecção seja comum, ela deve ser levada a sério.

Isso tudo porque infecções orais que afetam as gengivas e até os dentes podem causar sérios problemas e até danificar órgãos vitais como os pulmões e o coração.

Assim, uma vez que a infecção atinge os órgãos vitais, o paciente pode vir a óbito.

Por isso, neste artigo vamos te contar tudo o que você precisa saber sobre infecções orais e como tratá-las e a melhor maneira de preveni-las.

O que é uma infecção oral?

Uma infecção nada mais é do que um patógeno (vírus, bactéria ou micróbio) entrando em nosso corpo e deixando alguns dos nossos tecidos e células doentes.

Dessa forma, após ser infectado, o organismo passa a responder à entrada do invasor. Durante esse processo, as células de defesa tentam combater os micróbios, o que pode causar dor, febre e até o aparecimento de pus.

O processo de uma infecção oral não é diferente. Em resumo, algumas dessas infecções orais podem ser prevenidas com uma boa escovação e hábitos de higiene adequados.

Por isso, é importante ter uma boa rotina de limpeza e, ao surgir algum incômodo ou alteração, buscar por um dentista endodontia e pedir por uma avaliação.

Notavelmente, algumas dessas infecções podem ser adquiridas na infância e só se curam na idade adulta, levando anos para deixar o corpo.

Outros acabam com o dente sendo arrancado, obrigando o paciente a optar por implantes dentários.

Descubra as infecções dentárias mais comuns

Como mencionado anteriormente, embora seja necessário levar isso a sério, as infecções orais são mais comuns do que parecem.

Infelizmente, algumas delas só são descobertas em casos graves ou então, quando o paciente deseja realizar um procedimento estético ou ortodôntico como a colocação de um aparelho transparente.

Confira abaixo as principais infecções:

  • Cáries dentárias;
  • Gengivite;
  • Periodontite;
  • Candidíase;
  • Úlceras na boca;
  • Aftas.

É importante ressaltar que toda doença tem um sintoma, mas o agravamento dela pode levar a sérios problemas de saúde.

Desse modo, em casos sérios, algumas pessoas podem ter os dentes danificados, como cáries, gengivite e outras enfermidades.

Nesses casos, alguns até optam pela lente de contato de resina, uma ferramenta usada para recriar a aparência natural dos dentes doentes.

Como evitar esses quadros

Como a maioria dessas enfermidades estão relacionadas à ação bacteriana ou fúngica, como mencionado anteriormente, a higiene bucal é essencial para prevenir o aparecimento delas.

Por isso, os pacientes devem sempre investir em uma boa escovação e produtos de higiene qualificados.

Assim, você deve escovar os dentes 3 vezes ao dia, com a ajuda de uma escova de cerdas macias e uma pasta de dente rica em flúor. Além disso, é importante que os pacientes usem o fio dental ao menos uma vez também. 

Isso porque, esse material é o único que limpa o sulco gengival (a área entre os dentes e a gengiva), removendo placas bacterianas e resíduos de alimentos naquele local.

Aliada a essas medidas, a limpeza profissional profunda com o programa odontológico da empresa é fortemente recomendada para todos os pacientes.

Esse procedimento ajuda a remover o tártaro — que só a escovação consegue remover — e o biofilme dental que se acumula em locais de difícil acesso.

Como tal, consultas com um dentista periodontia e limpezas de rotina devem ser realizadas a cada seis meses para garantir a saúde da estrutura dentária e prevenir inflamações graves.

Tratamento de Infecções Orais

Assim como muitas pessoas procuram aparelhos invisíveis para restaurar dentes tortos de forma esteticamente agradável, o tratamento de infecções também é prático. 

No entanto, o melhor tratamento dependerá do tipo de infecção e do seu agravamento. Logo, apenas um dentista qualificado pode avaliar um caso e exigir o melhor procedimento possível. 

Por exemplo, caso tenha notado o aparecimento de uma cárie, procure por um dentista especializado em canal o mais rápido possível para que o dente não seja perdido e não aconteça ainda mais complicações.

Vale lembrar que mesmo dentes danificados podem passar por procedimentos considerados mais estéticos, como o clareamento. Por isso, não deixe de pesquisar o preço de um clareamento dental caso precise desse tipo de tratamento.

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Status Fit Center, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.