Como tornar-se um infoprodutor de sucesso?

Tempo de leitura: 8 min

Escrito por karine.menezes
em novembro 30, 2023

Infoprodutor é alguém que cria e comercializa produtos digitais, conhecidos como infoprodutos. Entre os principais exemplos estão conteúdos educacionais ou informativos que, geralmente, assumem formato digital, como um e-book.

Ele é responsável por conceber, desenvolver e distribuir esses materiais para atender uma demanda específica das pessoas. Costuma abranger uma variedade de áreas, indo desde educação e desenvolvimento pessoal até finanças, saúde e tecnologia.

Mas esse trabalho requer habilidades não apenas para criar conteúdos, mas também para promovê-los por meio de estratégias de marketing digital, caso contrário fica muito difícil despertar o interesse das pessoas e vendê-los.

Os infoprodutores precisam trabalhar com estratégias de lançamento, funis de vendas e criação de uma audiência engajada, e tudo isso passa a fazer parte de seu trabalho como criador de conteúdo rentável.

É inegável que esse setor está crescendo consideravelmente, permitindo-se que pessoas possam compartilhar seu conhecimento e expertise de maneira lucrativa e escalável.

Inclusive, muitos conseguem alcançar o sucesso oferecendo soluções para problemas específicos ou compartilhando habilidades valiosas para um amplo público digital.

Mas, além de compreender o que é o infoprodutor, antes de trabalhar com isso, é necessário saber quem pode trabalhar dessa forma, como fazer isso, quando se deve atuar como infoprodutor e como se destacar nessa profissão.

Quem pode se tornar um infoprodutor?

Qualquer pessoa que tenha conhecimentos específicos e experiência em determinado assunto pode se tornar um produtor de conteúdo na internet.

É o caso de professores, profissionais autônomos, especialistas em um campo, empreendedores, escritores, palestrantes, coaches ou até mesmo pessoas que gostam muito de um tema.

Por exemplo, uma pessoa que entende muito sobre confecção roupas pode criar conteúdos e infoprodutos sobre esse assunto.

Independentemente do tema abordado, o principal requisito é possuir informações valiosas ou habilidades que possam ser compartilhadas com outras pessoas, por meio de informações e com muita organização.

Existem infoprodutores que falam sobre suas experiências profissionais ou até mesmo habilidades pessoais, assim como existem aqueles que falam sobre conhecimentos acadêmicos, idiomas, entre outras inúmeras possibilidades.

Ele não é limitado por formação acadêmica, idade ou ocupação, na verdade, o que importa é sua capacidade de transformar o conhecimento em produtos digitais que vão atender uma demanda ou resolver um problema específico para a audiência.

A diversidade de conhecimentos e habilidades no mercado de infoprodutos é muito vasta e o segredo para ter sucesso nesse mercado é saber identificar uma necessidade e criar conteúdo valioso em cima dela.

Também é primordial saber apresentá-la e o que fazer para promovê-la de forma eficaz, escolhendo adequadamente os canais e estratégias.

Como se tornar um infoprodutor?

Tornar-se um infoprodutor envolve diversas etapas importantes que vão determinar o sucesso desse trabalho. São elas:

  • Identificar o nicho;
  • Desenvolver o conteúdo;
  • Validar o material;
  • Usar boas ferramentas;
  • Investir em marketing;
  • Aprimorar continuamente;
  • Aprender sobre vendas.

Se um cardiologista para cachorro pretender criar infoprodutos para orientar outros profissionais da área, então já saberá qual é o nicho em que vai trabalhar.

Mas ele também precisa identificar uma necessidade ou problema que vai resolver com esse conhecimento. Somente depois disso é possível começar a criar material educacional, como e-books, cursos online, webinars, podcasts e outros formatos.

Independentemente do tipo de material criado, é muito importante saber estruturá-lo de maneira clara e didática.

Depois que o material estiver pronto e antes de fazer seu lançamento, ele precisa ser validado. Isso pode ser feito por meio de pesquisas de mercado, testes com um grupo inicial ou mesmo por meio de uma versão gratuita para receber feedback.

Se tudo estiver ok e as pessoas estiverem satisfeitas, é o momento de escolher uma plataforma para hospedá-lo.

Hoje em dia, o infoprodutor pode escolher entre diversas opções, como plataformas de ensino online, sites de hospedagem de conteúdo digital ou construir sites próprios.

Depois de definir em qual plataforma esse material será veiculado, é hora de desenvolver uma estratégia de lançamento e começar a investir em marketing para promovê-lo.

Uma pessoa que criou um curso sobre direção defensiva para motociclistas pode promover seu material por meio de listas de e-mail, anúncios nas redes sociais, parcerias com influenciadores ou marketing de conteúdo.

Com a divulgação, é natural que as pessoas comecem a se interessar, mas não é possível agradar a todos unanimemente. Tendo isso em vista, é indispensável que o infoprodutor esteja aberto a feedback e busque aprimorar seu conteúdo.

Ele deve ser baseado nas necessidades do público, portanto, é natural que passe por uma evolução constante, e isso é algo essencial.

Também é recomendável conhecer técnicas de vendas e saber redigir textos persuasivos para promover e vender o infoproduto.

Quando atuar como infoprodutor?

Uma pessoa pode começar a atuar como infoprodutor quando sentir que realmente tem conhecimento valioso ou uma habilidade que pode ser do interesse de outras pessoas.

Por exemplo, um professor de educação física pode produzir materiais exclusivos sobre aula de hidroginástica para idosos, com o intuito de orientar outros profissionais da área e especializá-los.

Mas esse professor só vai fazer isso se tiver conhecimento significativo nesse campo e que realmente seja útil para outros profissionais.

Também é muito importante identificar se existe uma demanda por informações ou habilidades na área em que a pessoa está se especializando.

Por exemplo, se existe demanda por soluções e aprendizados em relação a determinado assunto em que alguém é proficiente, isso indica que pode ser interessante trabalhar como infoprodutor no nicho.

Indivíduos que gostam de compartilhar informações e ajudar o próximo, ensinando alguma coisa edificante, também podem trabalhar com produção de infoprodutos, pois possuem motivação suficiente para impulsionar seu caminho.

Mas, independentemente do assunto abordado, como construção de caixa correio inox, ensino de um novo idioma, entre outras possibilidades, é muito importante se dedicar.

Uma pessoa só consegue se destacar é sim investir tempo e esforço para criar materiais e promovê-los, portanto é necessário estar preparado para investir no empreendimento.

Como estar acima da média?

Ser um infoprodutor excepcional requer muito mais do que criar conteúdo, na verdade, existem algumas estratégias que precisam ser colocadas em prática. São elas:

  • Oferecer soluções inovadoras;
  • Focar a qualidade e a experiência;
  • Construir uma marca forte;
  • Buscar feedback e aprimoramento;
  • Fazer marketing inteligente;
  • Ter uma boa comunicação;
  • Inovar e atualizar.

Em vez de criar conteúdo genérico, o ideal é identificar problemas ou lacunas específicas dentro de um nicho, e, a partir disso, descobrir como oferecer soluções inovadoras para as pessoas.

O infoprodutor pode fazer isso por meio de técnicas exclusivas, abordagens diferentes ou conteúdos aprofundados e completos.

Supondo que uma pessoa está criando materiais sobre cerveja artesanal para pessoas que pretendem abrir uma beer truck chopp, precisa desenvolver técnicas exclusivas e trabalhar em cima de uma abordagem diferente.

Além de tudo isso, também é primordial que o conteúdo seja aprofundado e completo, pois existem muitos materiais rasos que não satisfazem os interesses e necessidades de aprendizado.

É por isso que o segundo ponto mais importante é garantir que o material seja de alta qualidade, contando com informações precisas e relevantes para quem vai consumi-lo.

É fundamental se preocupar com a experiência do usuário, oferecendo um formato de fácil acesso e compreensão. Depois de estudar muito bem o público, se uma pessoa concluir que sua audiência prefere vídeos, não tem por que produzir um e-book.

Por exemplo, supondo que seja um curso para quem quer trabalhar com van de viagem, todo o material precisa ser em formato de vídeo, e os conteúdos escritos até podem ser usados como um complemento.

Além de criar algo no formato preferido da audiência, o infoprodutor precisa construir sua marca pessoal, pois só assim vai demonstrar credibilidade e autoridade no assunto e fortalecer sua presença em diferentes plataformas, principalmente nas redes sociais.

Outro ponto importante é estar disposto a receber feedback dos consumidores, e todas as informações passadas por eles devem ser transformadas em melhorias para o conteúdo. Com isso, é possível entregar algo cada vez melhor.

Para promover aula de crossfit para iniciantes na internet, é muito importante usar estratégias de marketing inteligentes, saber trabalhar o funil de vendas, investir em e-mail marketing e construir parcerias estratégicas de promoção.

Quanto mais o conteúdo for divulgado, mais pessoas vão se interessar, então é primordial oferecer um bom suporte ao cliente, por meio de comunicação aberta com o público. Isso vai gerar confiança e fidelizar os compradores.

Por fim, um infoprodutor de destaque é aquele que está sempre disposto a inovar e que tem capacidade de se adaptar para acompanhar as constantes mudanças no mercado digital.

Considerações finais

Ser um infoprodutor de excelência exige muito mais do que conteúdo, na verdade, a pessoa precisa ter muita habilidade para inovar, garantir a qualidade dos materiais e compreender profundamente as necessidades do público.

Esse mercado exige soluções valiosas, boa experiência do usuário, construção de marca sólida e a capacidade de aprimorar.

Destacando-se com qualidade excepcional e atenção às demandas, fica muito mais fácil criar impacto notável e duradouro como infoprodutor.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade