Consultoria e assessoria: qual a diferença?

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por lucas
em novembro 25, 2022

Consultoria e assessoria são duas palavras em alta nos últimos tempos, mas que, ao contrário do que muita gente acredita, não consistem em sinônimos. Ademais, a crescente procura por estes serviços mostra que as empresas estão se profissionalizando.

A grande verdade é que, tanto em um tipo de atendimento quanto no outro, é possível perceber a importância da avaliação e de uma validação do negócio, feito por olhos que observam de fora. E o crescente sucesso desses serviços é a prova disso.

Fazendo serviço de montadores de móveis ou mesmo trabalhando com fibras ópticas de internet, todo e qualquer negócio precisa de um estímulo que venha a renová-lo nos momentos de incertezas, bem como de uma certa pressão para corrigir as falhas.

Não existe fórmula mágica para a prosperidade, muito menos soluções suficientemente eficientes para os problemas e que não demandem esforço daquelas pessoas que são responsáveis pelo sucesso de uma organização.

Mas a grande realidade é que, seja com a produção de conexão articulada para corrimão, ou até mesmo na produção diária dos pães, salgados e demais produtos de uma delicatesse, a gestão da qualidade pede a presença de um olhar atento aos detalhes.

Dessa forma, para a realidade de muitas empresas, as consultorias, bem como os serviços de assessoria são as alternativas mais adequadas.

Por esta razão, e para que até mesmo uma loja que trabalha com a produção de baias para escritório possa se valer desses tipos de atendimentos, será de grande valia abordar, neste artigo, os conceitos e a relevância de cada um dos métodos.

Trazendo os conceitos dos dois, ainda será possível finalizar este texto listando quais são as principais diferenças entre os dois, retratando como cada um pode impactar uma empresa, de acordo com o seu modo particular.

Em que consiste a consultoria?

Para começar as distinções, é preciso iniciar explicando que a consultoria consiste em um serviço desempenhado por um consultor, que não é ninguém menos do que a pessoa que possui habilidades específicas em determinada área.

É esse indivíduo que realiza uma consulta, isto é, oferece o seu parecer ou diagnóstico a respeito de um problema ou processo da produção, ainda que se trate de um negócio que trabalhe com casas de repouso de luxo.

Dito com outras palavras, o consultor realiza a análise completa de toda a atividade do âmbito empresarial e, a partir do que for apurado e com base nos conhecimentos que ele possui, aponta soluções e sugestões de melhorias.

A sua relação com a companhia costuma ser de curto prazo. Além do mais, existem outras funções que podem ser desempenhadas por um consultor empresarial, tais como a realização de pesquisas e estudos e a aplicação de treinamentos.

Junto a esses, podem também ser desempenhados os serviços que dão o pontapé inicial à renovação do modelo de negócio.

Por fim, podem ser feitas, também pelos consultores, atualizações das práticas organizacionais e a realização de palestras relacionadas às demandas mais urgentes.

No serviço de consultoria, a orientação do consultor é fornecida em troca de taxas para auxiliar o cliente na resolução de um problema específico.

Alguns consultores atuam em grandes empresas, mas a maioria deles prefere adotar uma postura mais independente, ainda que seja para avaliar a qualidade da confecção de um modelo de cadeira para escritório sem rodinha de uma fábrica.

Muitos consultores possuem atributos especializados em setores de especialização específicos, tais como gerenciamento de mudanças, desenvolvimento organizacional e questões ambientais, bem como também de administração de empresas.

Consultores com formação acadêmica podem auxiliar as empresas que possuem problemas relacionados à pesquisa ou mesmo à teoria utilizada.

A consultoria é bastante indicada quando o dono do negócio precisa de um diagnóstico completo da sua empresa, bem como casos de sucesso que não estão sendo bem trabalhados, para identificar as possibilidades de melhorias.

Muitas vezes, é esperado de um consultor cuidar de todos os problemas por conta própria e trazer uma solução para o patrocinador.

De modo mais frequente, no entanto, o consultor irá preparar alternativas de como solucionar o problema e depois discutir os prós e os contras com o patrocinador.

Em alguns casos raros, um consultor é utilizado para substituir, de forma temporária, um cargo de administração, até o momento em que uma substituição de longo prazo tenha sido encontrada.

Em outros casos, a exemplo de como ocorre com os serviços de um consultor de marketing, o profissional aponta os problemas, mas não oferece a sua mão de obra para produzir a solução.

Em outras palavras, ele faz a consultoria mas a produção é indicada a outro profissional com competência na área, ainda que seja para uma demanda de produção de mezanino para estacionamento.

O que define uma assessoria?

Já a palavra “assessoria” é advinda do verbo assessorar, que consiste em auxiliar, ajudar e colaborar.

Por este motivo, o trabalho de um assessor contempla a participação ativa nos processos da companhia, isto é, envolver-se também no âmbito operacional com as soluções propostas.

A assessoria ajuda as empresas a obterem avanços no seu desempenho, no seu rendimento e na sua postura ante a concorrência, ainda que seja em uma empresa que produz etiqueta adesiva alto relevo.

Na realidade, o serviço consiste em um monitoramento da rotina da companhia com a finalidade de auxiliar na tomada de decisões e implementar reparos em locais já identificados.

O perfil de um assessor é o do especialista em uma área específica, que se torna, por sua utilidade, fundamental em uma empresa.

Sua prestação de serviço deve ser, em geral, contínua, configurando uma relação de longo prazo com a corporação.

As assessorias mais procuradas são a jurídica e a contábil, feitas por um advogado e um contador, respectivamente.

Ademais, a assessoria possui origem da palavra latina assessore, cuja definição diz respeito a dar a alguém uma recomendação acerca do que deve ser feito em uma situação concreta.

É algo muito buscado pelas empresas, é muito comum escutar falar sobre a assessoria de imprensa, por exemplo.

Um assessor fornece informações, cuidados a serem tomados e avisos, que dão direcionamento para a tomada de decisão, mesmo que seja em uma fábrica de rótulo de refrigerante personalizado.

Fornece aos consumidores informações e incentivos importantes para assumir a responsabilidade e explorar opções para a tomada de uma decisão bem-sucedida.

Quais as principais diferenças entre elas?

Por fim, e para que se torne mais concreto aquilo que uma abordagem tem de diferente de outra, será de grande serventia finalizar este artigo demonstrando quais são as principais diferenças que marcam os dois serviços.

Deste modo, existem cinco critérios nos quais existe uma distinção concreta entre as consultorias e as assessorias. São eles:

  1. Modalidades de trabalho;
  2. Ambiente em que ocorrem os trabalhos;
  3. Tempo de colaboração;
  4. Utilização da tecnologia;
  5. Independência.

De uma forma geral, o trabalho de um consultor é direcionado à realização de um estudo completo dos processos de uma empresa para, posteriormente, apontar os melhores caminhos, visando corrigir falhas ou otimizar resultados.

Logo, a sua função é sugerir as soluções que se mostram como possíveis, sem efetivamente atuar na implantação.

Já o assessor realmente está presente na empresa para colocar a mão na massa, proporcionando apoio técnico e gerencial, e acompanhando a sucessão do processo.

Ele pode pegar um diagnóstico já consolidado e atuar a partir dele, ou começar do zero, planejar e executar tudo o que foi definido.

O local de trabalho em que os profissionais operam também é distinto entre assessoria e consultoria.

Enquanto os consultores atuam em uma empresa ou de forma independente, os assessores trabalham tanto em empresas quanto em escolas, organizações governamentais e diversas outras corporações grandes.

No que diz respeito ao tempo de colaboração, os relacionamentos de consultoria são, em linhas gerais, de curta duração e pontuais, possuindo prazo definido e trabalhos específicos.

Enquanto isso, muitas companhias contratam e retêm assessores de forma contínua, por tempo indeterminado.

As companhias focadas nas consultorias estão cada dia mais orientadas pela tecnologia, fazendo uso dos seus conhecimentos para definir quais sistemas de software de administração a empresa precisa.

Já os assessores adotam a postura de estrategistas, ajudando a desenvolver uma forma de alinhar a sua tecnologia com os objetivos e processos da sua companhia, automatizando o fluxo de trabalho.

Considerações finais

Por meio deste artigo, foi possível aprofundar no conhecimento a respeito dos serviços de consultoria e assessoria, e como as duas abordagens impactam os negócios dos mais variados setores.

É justamente conhecendo esses conceitos, juntamente com as suas distinções, que se torna possível para qualquer empreendedor alcançar os seus resultados desejados.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade