Saúde bucal a dois: entenda como a higiene bucal entre um casal é importante

Tempo de leitura: 4 min

Escrito por lucas
em setembro 29, 2022

A higiene bucal em um relacionamento é vital para que você e seu parceiro não precisem lidar com doenças infecciosas.

Isso porque, muitos casais acabam contraindo algumas bactérias por meio do beijo e, a desinformação, de acordo com especialistas, podem fazer com que os casos se multipliquem.

Por exemplo, caso uma ou as duas pessoas do casal, utilize um aparelho dentário invisível (ou o comum metálico), é importante manter a higienização correta com a escovação, fio dental e enxaguante pelo menos 3x no dia. Isso porque, o acúmulo de alimentos e bactérias são maiores.

Mas você sabe como evitar doenças e como manter a boca saudável mesmo que uma ou as duas pessoas realizem tratamento odontológico em clínicas dentárias como, a inserção de lente de contato dental? Este e outros assuntos serão discutidos ao longo do artigo. Boa leitura!

Qual a importância de cuidar da saúde bucal a dois? 

Cada vez mais os tratamentos odontológicos estão em alta, visando melhorar a qualidade de vida e elevar a autoestima ao garantir um sorriso bonito e saudável.

Estes incluem todos os tipos de clareamento dental. Mas apenas realizarem clareamento não é uma garantia de uma boa saúde bucal. Isso porque os hábitos de higiene devem ser mantidos ou até mesmo fortalecidos após o tratamento.

Além disso, se você quer que seu parceiro tenha um sorriso bonito, é claro que ele também tem que ser saudável, certo?

Portanto, o cuidado com as gengivas e os dentes não pode ser ignorado! A gengiva, por exemplo, é uma área sensível e sofre muito com as doenças dentárias. Por isso que, ir ao dentista apenas para saber o valor clareamento dental, não basta, ele é um complemento.

Outro ponto que merece atenção especial são as doenças infecciosas causadas pela falta de escovação.

Muitas pessoas não sabem que as doenças podem ser transmitidas! Os microrganismos presentes podem se disseminar ao entrar em contato com outros ambientes propícios ao seu desenvolvimento.

A herpes labial, por exemplo, é uma doença viral que pode gerar o aparecimento de bolhas ou feridas na boca. Eles aparecem geralmente nos lábios ou próximo a boca.

Pessoas com sistema imunológico deficiente são mais vulneráveis ​​à doença, mas sem higiene, todos ficam vulneráveis. E, ao ter contato – como o beijo, por exemplo, pode ser transmissível.

Além disso, outras doenças que podem passar é:

  • Gengivite;
  • Candidíase oral;
  • Cárie;
  • Halitose.

Para evitar esses problemas, certifique-se de escovar os dentes corretamente e fazer consultas regulares ao dentista. Dessa forma, você e seu parceiro podem aproveitar a vida sem se preocupar com doenças bucais.

4 Passos para uma Saúde Bucal Perfeita

A higiene bucal deve ser iniciada antes mesmo do nascimento do primeiro dente. Isso ocorre porque vários odontopediatras recomendam que os pais limpem as gengivas com gaze e água após todas as mamadas.

Esse hábito deve continuar na vida adulta, tornando-se uma parte importante ter uma qualidade de vida, mesmo na terceira idade, quando já utilizam prótese dentaria.

No entanto, existem muitas pessoas que escovam os dentes de forma errada e podem, sem querer, colocar em risco a sua saúde e a do seu parceiro.

Por exemplo, uma boa escovação leva pelo menos dois minutos, mas a grande maioria dos adultos não escova os dentes na metade do tempo. Portanto, para manter uma boa higiene bucal, você deve:

  1. Escove os dentes

Escovar bem os dentes todos os dias, principalmente por pelo menos dois minutos após as refeições e antes de dormir, ajudará você a manter um sorriso branco, brilhante e muito saudável.

  1. Use fio dental

Mesmo que você não use aparelho de porcelana, usar fio dental todos os dias e usar um bom enxaguante bucal é essencial. Bem, há lugares na boca que uma escova de dentes não alcança;

  1. Escove a língua

Muitas pessoas esquecem a língua, o que é muito perigoso porque pode acumular várias bactérias que podem levar a doenças bucais graves. Portanto, não se esqueça de escovar os dentes toda vez que escovar.

  1. Vá ao dentista regularmente

Mesmo que você não sinta nada, visitas regulares ao dentista podem fazer uma grande diferença.

Isso porque ele poderá verificar minuciosamente a saúde de seus dentes e tranquilizá-lo se eles estão realmente bem.

Além dos cinco passos acima, aqui estão algumas dicas para evitar danos à sua saúde bucal, de seu parceiro e de sua família.

Por exemplo, após a escovação, recomenda-se higienizar a escova com água corrente por um minuto, depois borrifar com álcool 70% ou mesmo peróxido de hidrogênio 0,5%.

A escova de dentes não deve ser colocada junto a do seu parceiro e muito menos aberta no banheiro.

Em caso de resfriado, gripe e escovas devem ser substituídas! As escovas gastas também devem ser descartadas, mas é recomendável substituí-las a cada dois ou três meses.

Além disso, você não precisa ter uma escova igual a do seu parceiro, cada pessoa ter uma escova ideal de acordo com o tamanho, cerdas e maciez.

Portanto, a escolha de uma escova de dentes é um momento importante, quer você tenha uma unidade ortodôntica clara ou não.

Na dúvida, pergunte para o seu dentista durante a consulta e garanta que os seus dentes continuarão a ser cuidados mesmo em casa. Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade